terça-feira, 11 de março de 2014

Colega da faculdade (Gay)

Numa sexta-feira, por volta das 17:30 horas eu já estava ansioso pra largar do trabalho e ir pra casa descansar, pois vinha pela frente um fim de semana onde eu ficaria sozinho em casa, pois meus pais estariam viajando. De repente o telefone de minha mesa tocou, era o Paulo, um amigo de faculdade perguntando o que eu iria fazer no fim de semana. Respondi pra ele que não tinha programado nada, mas aproveitei pra soltar minha cantada. Paulo é um dos homens mais atraentes da faculdade. 28 anos, corpo super malhado, coxas grossas, um bumbum maravilhoso, um tesão de homem. Convidei ele para assistir uns filmes lá em casa, pois tinha comprado uma garrafa de vinho, chocolate e alguns frutos do mar. Paulo, ficou animado e disse: - Então, está combinado, vou passar na locadora, pegar uns filmes e chego na sua casa umas 21:00 horas. Fiquei louco na hora, pois iria pra minha casa o cara mais gostoso da faculdade, me subiu um calor ali no trabalho incontrolável, fiquei cheio de tesão doido pra largar e ir pra casa me preparar, pois a noite iria ser curta. Cheguei em casa do trabalho umas 19:00, coloquei uma garrafa de vinho na geladeira, espalhei chocolates pela sala, preparei um strognoff de frango...,e fui para o banho. Enchei a banheira com água quente, coloquei uns sais e óleos para banho, liguei a hidromassagem e junto com meus brinquedos fui para a banheira. Depois de todo aquele banho maravilhoso, com diversas penetrações e ejaculações, sai do banheiro enrolado num roupão, fui até o quarto me trocar. Depois de me vestir e muito bem perfumado fui para a sala esperar Paulo, que tinha chegaria as 22:00 horas. Então pontualmente as 22:00, meu interfone tocou era o porteiro dizendo que tinham dois homens para o meu apartamento de nomes Paulo e Ricardo. Eu fiquei confuso, pois havia combinado apenas com o Paulo, mas teria que manda-los subir e ver quem seria o tal Ricardo. Chegando em meu apartamento, quando abri a porta Paulo me apresentou Ricardo como seu primo que acabava de chegar de viagem pra passar o fim de semana e para não deixar de vir a minha casa, arriscou traze-lo. Ricardo era magnífico, um deus grego. Aparentava uns 30 anos, moreno, 1,87M, uns 78ks, pernas bem fartas, uma bunda maravilhosa, tudo de bom naquele homem, delicioso. Eles entraram e nos sentamos à sala para conversar e nos conhecermos melhor. Minha cabeça só pensava naqueles dois homens me possuindo ao mesmo tempo, minha bunda já estava pegando fogo e eu já não conseguia desfaça o olhar para eles, excessivamente para Ricardo que estava com um short apertado e deixava a mostra seu volume. Daí começamos a ver um filmes. Depois de uma meia hora de filme, fui até a cozinha pegar o vinho. Quando estou na cozinha apoiado no balcão abrindo a garrafa de vinho, Ricardo veio por trás encostou-se em mim me pressionando no balcão e disse ao meu ouvido: - preciso usar seu banheiro, olha como estou. Senti aquele grande volume pressionando em minha bunda, me virei de frente e direcionei o olhar para seu pau que estava crescido sobre o short. Aquilo me deixou com água na boca e foi ai que resolvi arriscar dizendo: - Isso é vontade de ir ao banheiro ou você está exitado? Ele pegou minha mão e a colocou sobre seu pau e disse: - o que você acha? Isso é pra você é todo seu. Meu coração acelerou e levei as duas mãos ao seu pau, alisando por sobre o short, quando de repente ali na cozinha ele abaixou seu short e disse: - pode provar, gatinho safado, chupe ele todinho. Meu tesão já estava a mil por hora e deliciosamente ataquei aquele pauzão, chupando com carinho aquela cabecinha rosada, descendo por toda extensão do seu membro que era enorme, deveria ter uns 26x6 cm. Era um pau maravilhoso, cheiroso e gostoso de se chupar enquanto eu me deliciava mamando naquele cacete, Ricardo puxava minha cabeça forçando contra seu pau que já estava todinho dentro da minha boca era muito gostoso chupar aquele mastro. De repente ele aumento o movimento de vai e vem dentro dos meus lábios e falou baixinho: - chupa, safado, chupa, chupa, chupa mais que eu vou gozar...ai, ai, ui, que delícia. E ali ele derramou seu leite quente, suguei todo seu pênis, armazenando todo sua gala na minha boca e deliciosamente engoliu aos poucos, uauuuu! Fazia tempo que eu não chupava um cara tão gostoso. Ele me chamou pra ir ao banheiro, lá Ricardo foi direto pra ducha enquanto ele tomava banho eu me debrucei na pia pra me olhar no espelho, quando de repente Ricardo saiu do boxe todo molhado de pau duro e veio atrás de mim dizendo: - Quero fuder essa bundinha gostosa. E num piscar de olhos Ricardo desceu meu short e começou a acariciar minha bundinha, apalpando minhas nádegas aquelas mãos grandes e deliciosas, meu tesão foi a flor da pele, olhei pra Ricardo e disse: - Chupa meu cuzinho gostoso, chupa, quero sentir sua língua penetrando levemente meu cuzinho. Ricardo nem pensou, se debruçou sobre minhas costas e alisando minhas coxas, molhou meu rabinho com uma deliciosa linguada, e ali ele ficou igual a uma criança chupando pirulito. Ricardo enchia meu cuzinho de saliva chupando e mordendo carinhosamente minha bundinha. Inesperadamente Paulo apareceu na porta do banheiro e com uma cara de espanto ele parou, olhou pra nos dois ali e disse: - Quero participar da festinha, tem vaga ai pra mim? Aquilo pra mim foi a melhor coisa que poderia ter me acontecido, dois homens maravilhosos me possuindo e ao mesmo tempo, ufa! Puxei ele pela camisa, abaixei seu short e comecei a mamar seu pau grande, grosso e duro enquanto Ricardo enfia a cada estocada sua língua no meu cuzinho, era tesão pra da e vender. Fomos para a sala, lá sentei no sofá e abocanhei os dois ao mesmo tempo, daí Ricardo foi na cozinho e voltou com uma lata de leite condensado, ele me colocou de quatro no sofá e lambuzou meu cuzinho com aquele leite e começou a lamber e chupar meu cuzinho que já pegava fogo pedindo rola, enquanto isso eu mamava a rola gostosa de Paulo. de repente Ricardo encostou seu pau que pegava fogo na entrada do meu cuzinho e disse: - abre essa bundinha pra mim gostoso, abre. Abri totalmente me cuzinho que estava melado de leite condensado e cheio de saliva do Ricardo introduziu a cabeça vagarosamente no meu cuzinho arrebitado e começou a forçar lentamente minha bundinha, eu sussurrava e chupava o cacete de Paulo, era uma foda magnífica com aqueles dois homens me penetrando Ricardo colocou todo aquele seu cacete dentro de mim até o topo e iniciou deliciosos movimentos de vai-e-vem num ritmo que eu poderia chupar o Paulo que forçava seu cacete dentro da minha boca. Após alguns minutos naqueles movimentos constantes, Paulo disse: - Quero fuder o cuzinho desse gatinho safado agora. Daí o Ricardo tirou seu pau de dentro de mim e levou seu pau até minha boca, onde abocanhei e comecei a suga-lo, sentindo aquele gostinho do meu cuzinho eu me deliciava no cacetao de Ricardo era um pau maravilhoso, enquanto ele fodia minha boquinha, Paulo introduzia seu cacete no meu cuzinho que queimava e ardia de tanto tesão, e ali meus homens iam fudendo maravilhosamente comigo. de repente Ricardo olhou pra Paulo e disse: - Vamos gozar juntos na boquinha desse safado? E Paulo que com movimentos de vai-e-vem rápidos balançou a cabeça e disse: - estou pertinho de gozar e vou jorrar minha gala dentro da boquinha dele. E os dois levaram seus grandes cacetes a frente da minha boquinha e eu comecei a punheta-los e chupa-los ao mesmo tempos até que eles gozaram gostoso dentro da minha boquinha e ali saboreie suas gozadas com todo tesão do mundo. Ali fomos pro banho e o resto da noite foi pequena pra nos três

2 comentários:

  1. Sou somente passivo, 1,83m, 75kgs, branco, não afeminado, voz e jeito de homem, Campinas, SP.

    Procuro machos ativos para me estuprar sem dó de verdade. Podem me dominar e fazer TUDO que quiserem comigo, mesmo se eu pedir pra parar e precisar ser à força. Veja fotos e vídeos meus no meu Google Drive:

    https://goo.gl/zNwbtS

    Meu whatsapp 19994818715. Erick

    ResponderExcluir